quarta-feira, 5 de maio de 2010

Cuidado com o que você lê (vê e ouve)

Teve toda a celeuma da declaração atribuída ao (pré)candidato à presidência pelo PSDB, José Serra, durante um encontro religioso em Camboriú-SC. Notícia inicialmente publicada em um jornal catarinense reproduzia uma frase em que Serra comparava o tabagismo ao ateísmo. Correu a internet e vários blogues comentaram - interpretando como uma ofensa aos fumantes e/ou aos ateus (p.e. aqui).

Depois veio o desmentido e a correção (vide aqui).

É estranho sim que a frase originalmente atribuída seja tão diferente da frase da correção. Simplesmente não tem nada a ver. Como um erro desses pôde acontecer? (Há os que interpretam como um erro intencionado contra José Serra, há os que interpretam como servilismo da imprensa em inventar uma correção após a má repecurssão da frase.)

Vários veículos reproduziram a declaração inicial - especialmente os dos grupos RBS e Globo, que são parceiros (o jornal que inicialmente publicou a declaração é do grupo RBS): G1, O Globo, ClicRBS... O primeiro a publicar o desmentido foi o blogue do jornalista Ricardo Noblat, antes mesmo do tweet do próprio ex-governador.

Entrei em contato com o jornalista (ainda no dia 03/mai) que assinava a notícia original, ele foi solícito em confirmar o erro. Mas não consegui até o momento uma declaração dele explicando o que pode ter acontecido.*

A história é bem estranha e merece investigação - coisa que está além de minhas capacidades. Até prova em contrário, acredita-se em erro honesto, porém - embora isso seja uma forçação de barra: a desconfiança é que não foi - se não foi erro ou se não foi honesto é o que não se sabe. Seria irresponsabilidade dizer que foi uma coisa ou outra sem fazer a devida pesquisa necessária.

Aliado a isso temos casos mais engraçados - mas também preocupantes a respeito da credibilidade das fontes. O jornalista de rádio que leu um perfil da Desciclopédia sobre Lombardi (achando que era da Wikipédia - e mesmo que fosse da Wikipédia, jornalisticamente não é uma fonte confiável). E dois jornais que reproduziram textos do site humorístico Sensacionalista. O Diário de Canoas com uma falsa notícia sobre uma mulher que alega ter engravidado assistindo a um filme pornô 3D (aqui o texto original)**. E a versão online da Gazeta de Alagoas sobre a adoção de um surfista de 22 anos por um casal homossexual (aqui o original - o texto na GazetaWeb já foi removido).

*Upideite(06/mai/2010): Nos comentários, a leitora Ártemis, indica página do Bule Voador, eles conseguiram uma resposta do jornalista.
**Upideite(11/mai/2010): Aqui o sítio web Sensacionalista publica uma relação de sítios web pelo mundo que publicaram a história da gravidez por filme 3D como verdadeira.

2 comentários:

Ártemis disse...

No bule voador, rolou uma thread bem interessante sobre o caso Serra vs RBS

http://bulevoador.haaan.com/2010/05/04/exclusivoredator-da-rbs-fala-com-o-bule/

none disse...

Valeu, Ártemis,

Farei a atualização com essa importante informação.

[]s,

Roberto Takata