quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Pra que servem advogados?

Pra muita coisa. Algumas boas. Mas como é que se constitui uma banca de *sete* advogados (no caso, advogadas) para fazer uma besteira monumental como esta?

Aparentemente, Marta Suplicy sentiu-se atingida por um perfil falso no twitter. Direito dela acionar a Justiça para que o dano seja reparado. Só que as advogadas em vez de acionarem o Twitter Inc., que é a empresa responsável pelo twitter, acionaram um blogue que fala *sobre* o twitter (e não um blogue *do* twitter).

No rodapé há a mensagem explícita: "Blog Twit Brasil was created by Fernando Souza, Gabriela Zago and Raquel Camargo it's not affiliated with Twitter Inc."

E não é a primeira vez que o TRE acaba interpelando o blogue Twit Brasil como se fora do Twitter Inc.

Upideite(20/ago/2010): A candidata postou em sua conta no twitter mensagem reconhecendo o erro. Mas não chegou a pedir desculpas ao pessoal do Twit Brasil.

2 comentários:

Sophia disse...

Ela não só se sentiu atingida, mais ela foi atingida, e ela tem td o direito de reinvindicar. Agora a culpa é dos incompetentes que denunciaram o site errado.. ela não tem culpa de nada.

none disse...

Oi, Sophia,

Grato pela visita e pelo comentário.

Sim, a ministra tem todo o direito de entrar na Justiça ao se sentir atingida. Eu digo *sentiu* porque isso é um elemento subjetivo: há pessoas que não se importam.

De fato, provavelmente não é culpa primordial de Marta. Mas não diria que ela não tenha *nenhuma* culpa - ou pelo menos responsabilidade.

Detectado o erro, creio que caberia pedido de desculpas aos citados pelo transtorno.

[]s,

Roberto Takata